ELIZIANE GAMA É COLOCADA PARA ESCANTEIO POR FLÁVIO DINO

ELIZIANE GAMA É COLOCADA PARA ESCANTEIO POR FLÁVIO DINO

Resultado de imagem para eliziane gama e flávio dino
É quase uma unanimidade dentro do grupo de Flávio Dino (PCdoB), de que não conseguirão eleger os dois senadores. Por conta dessa conclusão, até óbvia, sobrou para a candidata Eliziane Gama (PPS), que está cada vez mais escanteada, afinal o candidato preferido dos comunistas é Weverton Rocha (PDT).
Desde o início, dois partidos – PR e PT – já haviam se posicionado publicamente contrários ao nome de Eliziane. O presidente do PR no Maranhão, Josimar de Maranhãozinho, já deixou claro que a legenda não irá apoiar a candidatura de Eliziane.
O PT, praticamente na sua totalidade, fechou questão em não apoiar o nome de Eliziane, pois a parlamentar, classificada pelos petistas como ‘golpista’, não só votou pelo impeachment de Dilma Rousseff, como também pediu acareação e quebra do sigilo bancário/telefônico de Lula.
Recentemente foi a vez do presidente do PP no Maranhão, deputado federal André Fufuca, publicamente confirmar que a legenda estará apoiando as candidaturas de Weverton Rocha e Sarney Filho (PV), ao Senado, ou seja, Eliziane novamente no ostracismo.
Nesta semana, o DEM realizou um mega evento na Região do Médio Mearim, onde 11 prefeitos estiveram presentes. O evento reafirmava apoio à reeleição à Câmara Federal do presidente do DEM no Maranhão, Juscelino Filho.
Entretanto, ficou claro o posicionamento do DEM. Apena os nomes de Juscelino Filho, do governador Flávio Dino e do candidato ao Senado do PDT, Weverton Rocha. Além das fotos apenas dos três, a frase principal do evento, com letras garrafais, era: “Com Juscelino, Flávio Dino e Weverton, o Maranhão vai continuar no caminho certo”. Veja abaixo.
E sem o apoio de quatro dos principais partidos de sua coligação, a candidatura de Eliziane Gama está cada vez mais escanteada, e a parlamentar caminha para ficar sem mandato, mas falta de aviso não foi.
É aguardar e conferir.
Do blog do Jorge Aragão
Junte-se à discussão