E AGORA? CAIU POR TERRA AUSÊNCIA DE FLÁVIO DINO EM SABATINA

E AGORA? CAIU POR TERRA AUSÊNCIA DE FLÁVIO DINO EM SABATINA

Ausente na Sabatina de O Estado na manhã desta quinta (23), o governador Flávio Dino usou suas redes sociais e a de sua coligação para justificar a falta. Documentos, protocolos e fotos de O Estado comprovam que as desculpas para a falta são inverídicas.
Em respeito aos leitores e internautas, o jornalismo de O Estado e do Imirante divulga um cronograma dos fatos relacionados a Sabatina de O Estado, bem como fotos e prints que desmontam a narrativa de que a coligação não foram apresentadas e documentadas regras claras para o debate.
Janeiro de 2018 – Direção de o Estado confirma realização de sabatinas para agosto de 2018
7 de agosto de 2018 – É formalizado o convite aos seis candidatos

 Protocolo
9 de agosto de 2018 – Sorteio da ordem dos candidatos é realizado com transmissão ao vivo pela internet e com participação de representantes de todos os candidatos. Representantes da coligação Todos Pelo Maranhão, do governador Flávio Dino, exigem que seja formalizado documento que defina temas e garanta tratamento igual aos candidatos. Veja a participação de Aline Louise (representante da coligação) AQUI

Aline Louise (representante da coligação do governador Flávio Dino.
16 de agosto de 2018 – Documento oficial de O Estado com detalhes da sabatina é entregue aos candidatos. Solicitações da coligação Todos Pelo Maranhão também são anexadas e cumpridas
Regras da Sabatina O Estado
Protocolo
23 de agosto de 2018 – Dia da sabatina do governador
·         09h12 – A jornalista Carla Lima entra em contato com Aline Louise (assessora da coligação) sobre o horário
Whatsapp

·                09h32 – Aline Louise pede um tempo para responder

Whatsapp (2)

·         09h51 – A menos de 10 minutos da hora marcada para a sabatina, a assessora Aline Louise comunica que o candidato não irá comparecer
·           09h57 – É divulgada a nota da coligação Todos Pelo Maranhão justificando a ausência.
Depois de reuniões e contatos formais, o jornal O Estado do Maranhão e o iMirante não apresentaram as regras da sabatina que assegurassem tratamento igual entre candidatos, como é praxe em qualquer veículo de comunicação realmente isento. pic.twitter.com/p1ZN2yaLyx
— Todos Pelo Maranhão (@TodosPeloMA) 23 de agosto de 2018

Os fatos narrados e comprovados aqui demonstram que em nenhum momento o processo para a efetivação da Sabatina de O Estado foi obscuro ou anti-democrático.

Por JOSÉ LINHARES JR

Junte-se à discussão