“Haverá disputa pela presidência da Câmara”, garante Hildo Rocha

“Haverá disputa pela presidência da Câmara”, garante Hildo Rocha

Deputado federal maranhense diz que há pelo menos sete interessados na vaga do atual presidente Rodrigo Maia; e que a formação de um bloco entre MDB, PTB e PP mudará a correlação de forças na disputa

Hildo Rocha mantém articulação em torno da formação do comando da Câmara Federal
Não será tão simples como se previu à primeira vista a corrida pela reeleição do atual presidente da Câmara dos deputados, Ropdrigo Maia (DEM-RJ).
De acordo com o deputado maranhense Hildo Rocha (MDB), há pelo menos sete interessados na disputa do cargo, alguns com forte poder de mobilização.
– Há nomes como o de Fábio Ramalho (MDB), Artur Lira (PP), Marcelo Freixo (PSOL) e Jota Agacê (PSB); além de outros que podem dividir bancadas, como kim Kataguiri (DEM), Capitão Augusto (PR) e um nome que deve surgir do PT –analisa Rocha.
Segundo o deputado maranhense, a formação de um bloco entre MDB, PTB e PP deve mudar a correlação de forças na disputa pelo comando da Câmara.
– As bancadas de MDB, PTB e PP juntas já garantem 83 deputados; é maior que a do bloco PDT/PCdoB/PSB, que reúne 69 parlamentares. E ainda podemos articular o PT (56 deputados) e o PSC (8); todas estas legendas, somadas, garantem 206 parlamentares – explicou o emedebista.
Hildo Rocha explica que a divisão dos postos da Câmara é feita levando em conta a proporcionalidade das bancadas. Este detalhe, com a formação dos blocos, levará Maia a ter que negociar com outras forças.
– Um exemplo é o PT: hoje, com a regra da proporcionalidade, o partido seria o primeiro a indicar a composição da Mesa e das comissões; e ficaria com a vice-presidência e o comando da CCJ – explicou.
Como um dos articuladores da bancada do MDB, o deputado maranhense deve permanecer em Brasília durante a maior parte do mês de janeiro.
E deverá sai desta articulação com importante cacife político na Casa…
Por Marco Aurélio Deça
Junte-se à discussão