Com Roseana o Maranhão tinha uma das menores taxas de desemprego do Brasil, enquanto que com Flávio Dino o Estado é o segundo em desemprego no Nordeste…

Com Roseana o Maranhão tinha uma das menores taxas de desemprego do Brasil, enquanto que com Flávio Dino o Estado é o segundo em desemprego no Nordeste…

Por Caio Hostílio
Os dados são do Jornal “O Globo” e vem mostrar o que esse blog já cansou de afirmar: O afugentamento de investimentos, o fechamento de pequenas e médias empresas por conta da malvada alíquota do ICMS, que só favoreceu o Grupo Mateus… O resultado? 172 mil maranhenses perderam o emprego, ficando o Maranhão com o segundo pior desempenho do Nordeste.

Em 2014, último ano de Roseana Sarney no Governo, o Maranhão tinha uma das menores taxas de desemprego do Brasil. Em e anos e meio de Flávio Dino, essa situação se inverteu: hoje temos 372 mil desempregados e o Estado na segunda pior situação no Nordeste.
Os dados estão na edição impressa de hoje O Globo, e tem como base levantamentos oficial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE.
Junte-se à discussão